Estou desempregado. E agora?

Tempo de leitura: 3 minutos

Fala pessoal, estou aqui para tentar ajudar quem está precisando de trabalho e não consegue.
Hoje temos milhões de desempregados e realmente não é tarefa fácil conseguir um lugar ao sol!
Por mais que haja exceções, o mundo é meritocrático. Sempre quem é mais proativo vai levar vantagem sobre os passivos. Por isso, seguem algumas dicas que podem te ajudar.
 
1- Se qualifique! Não fique parado! Aproveite todo o tempo que esta situação indesejada te proporciona e se prepare. Há muito material e cursos grátis ou em valores acessíveis no mercado. Primeiro busque conhecimento em sua área. Se você é vendedor, estude técnicas de vendas. Se é prestador de serviços, busque técnicas de atendimento. Se é professor, estude didática, busque novos conhecimentos. Busque novas técnicas para fazer melhor o seu trabalho. Além disso disso há muito conhecimento que pode te ajudar em qualquer que seja sua área de atuação. Inglês, espanhol, lógica, comunicação, persuasão, finanças, linguagem corporal, excel, word, powerpoint. Há tanta coisa que pode te ajudar que talvez mesmo ocioso, não consiga explorar todas as possibilidades.
 
2- Se ofereça! Use o famoso método TBC (Tire a Bunda da Cadeira) e se exponha. Vá aos potenciais empregadores e se ofereça. Diga porque ele deveria te contratar. Enfatise seus potenciais. Não deixe apenas seu currículo debaixo da porta ou mande no email. É preciso mostrar que quer e quais são seus diferenciais. Isso vai encurtar caminhos, acredite. Se é prestador de serviços, use o mundo digital. Cadastre em sites de freelancer (workana, 99freelas, etc). Crie uma rede social para mostrar seu serviço. Peça ajuda a seus amigos, peça indicações para eles. A cada tentativa frustrada, pergunte a quem lhe negou se não poderia sugerir alguém. Peça ajuda a seus antigos empregadores. Há muito o que fazer.
 
3- Busque novos horizontes. O mundo está girando cada vez mais rápido. Novos trabalhos surgem a cada dia! Quem sabe você não consegue se qualificar (mesmo de casa e de graça) em áreas que estão cada vez mais demandadas? Já pensou estudar programação? Marketing Digital? Há muita demanda para freelancers atuarem nestas áreas. Use os sites de freelas que citei acima para oferecer seus trabalhos. Vá a cada lojista ou empresa de sua cidade e ofereça seu trabalho.
 
4- Dê amostra grátis de seu trabalho. Se nada está dando certo, ofereça para estagiar um tempo de graça! Isso. Seu tempo está perdido em casa, experimente o oferecer como amostra grátis. Isso demonstrará muita garra ao seu empregador e se você mostrar um bom trabalho, certamente vai conseguir um bom emprego pago depois. Se é prestador de serviço, siga da mesma forma. Ofereça uma amostra de seu trabalho, sem ônus. Cobre apenas por algum material que vá usar.
 
Na verdade, não dei 4 dicas. São dezenas delas agrupadas em 4 tópicos. Faça um checklist e vá “tickando” cada uma delas que está executando. Se fizer metade delas, em pouco tempo estará ocupado novamente!
 
Sei que as coisas não são tão simples, mas já passei por isso no início de minha carreira e hoje estou do outro lado. Posso afirmar que estas atitudes me encantam e facilitam muito as coisas. Seja proativo. Seja persistente. Não desanime. Tudo tem seu tempo. Depois não deixe de dar seu feedback. Diga o que achou das dicas!
 
Um abraço e boa sorte! Deus abençoe seu esforço.
 
 
……………………………………………….
Se você gostou do conteúdo, encaminhe a seus amigos, nos siga nas redes sociais e acesse nossa página e blog.
Se você recebeu esta mensagem e ainda não faz parte de nossa lista VIP, mande uma mensagem para nosso WhatsApp (31) 982190288 que lhe incluiremos gratuitamente!
 
www.facebook.com/ProfessorJulioReis/
www.instagram.com/professorjulioreis/
www.smartvalor.com.br/blog
www.linkedin.com/in/julioreis78

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.